Montevidéu recebe exposição que alerta sobre poluição dos mares

Atualmente, não há nem um único quilômetro quadrado de água de mar que esteja livre de partículas de plástico
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Educação Ambiental
Publicado em: 16/09/2019

Mais de 300 mil toneladas de plástico são produzidas anualmente em todo o mundo e cerca de 8 milhões de toneladas são lançados nos mares e oceanos. As consequências dessa poluição e algumas soluções para o problema são temas da exposição Out to the sea? The Garbage Project (Para o mar? O Projeto de Lixo Plástico, em tradução livre), aberta nesta semana em Montevidéu.

Para o uruguaio Daniel Toranza, 40 anos, funcionário público, o mais surpreendente não é a quantidade de lixo plástico apresentada na mostra, mas os números. "O que mais me impressionou foram as cifras. Porque isso (amontoados de lixo) nós vemos todos os dias. Tem praias aqui em Montevidéu, pertinho, onde se vê essa quantidade de lixo. Não temos que ir a um quilômetro daqui. A costa, sobretudo a baía de Montevidéu, os cursos de água a céu aberto, estão cheios de lixo. Mas as cifras são arrepiantes", afirmou.

Daniel lembra, por exemplo, que, a que a cada ano, a maioria dos 8 milhões de toneladas de plástico lançados nos mares e oceanos vai parar no fundo do mar. Cerca de 15% ficam boiando na superfície e mais 15% ficam presos em algum lugar da costa. Ou que, atualmente, não há nem um único quilômetro quadrado de água de mar que esteja livre de partículas de plástico.

Marieta Cazarré/Agência Brasil
Marieta Cazarré/Agência Brasil

Cerca de 600 bilhões de sacolas plásticas são produzidas em todo o mundo a cada ano, e um cidadão europeu usa, em média, 500 por ano. Geralmente, elas são usadas apenas uma vez, o que contrasta fortemente com sua longa vida útil.

Estima-se que no ano 2020 a produção de plástico terá aumentado 900% em relação a 1980. Aproximadamente 700 espécies marinhas, algumas em perigo de extinção, são afetadas pelo lixo plástico que flutua.

Fonte: Agência Brasil


Postar comentário